​Parâmetros Clínicos Avançados de hemogramas auxiliam em diagnósticos
 
  Release Date:  novembro 05. 2015  
​Tecnologia disponibilizada nos analisadores hematológicos da Sysmex fornece informações adicionais sobre algumas condições clínicas do paciente 
 
O hemograma é o passo inicial para o diagnóstico de diversas doenças, apontando determinadas condições do paciente, como uma infecção ou anemia, mas sem caracterizá-las, havendo a necessidade de exames mais específicos. A utilização dos PCAs (Parâmetros Clínicos Avançados), tecnologia disponível nos equipamentos da Sysmex, proporciona benefícios para pacientes, hospitais e laboratórios ao funcionar como um complemento do hemograma convencional, com a geração de informações mais refinadas sobre algumas condições clínicas. 

Os PCAs representam um upgrade na automação do hemograma, pois fornecem informações mais detalhadas sobre alguns aspectos clínicos, ou seja, constituem um passo a mais nas possibilidades diagnósticas, o que pode encurtar o tempo para a definição terapêutica. A tecnologia beneficia pacientes, pela agilidade, auxilia os médicos indicando o tipo de abordagem diante de diferentes situações, e reduz os custos a hospitais e laboratórios, que deixam de realizar exames desnecessários.

As áreas com mais evidências clínicas a respeito do valor dos PCAs como ferramentas úteis na rotina diagnóstica são as de hematologia e nefrologia, com publicações e estudos relacionados à detecção da deficiência de ferro em pacientes renais, por exemplo, no monitoramento da recuperação medular após transplante ou quimioterapia e no diagnóstico diferencial das plaquetopenias, entre outras. 
 
Segundo a consultora médica da Sysmex, Dra. Helena Grotto, os PCAs podem ser importantes auxiliares na rotina laboratorial, ajudando no diagnóstico diferencial de algumas condições clínicas, e na otimização da requisição de testes adicionais, o que pode significar economia de tempo e dinheiro, com benefício para o paciente que terá a conduta terapêutica aplicada em menor espaço de tempo.

Conheça as especificações dos Parâmetros Clínicos Avançados:

RET-He - Conteúdo de hemoglobina nos reticulócitos:
Avalia a incorporação de ferro nos eritrócitos auxiliando os médicos no diagnóstico diferencial das anemias;
Avalia o status do ferro nos pacientes renais crônicos, segundo as diretrizes do KDOQI (National Kidney Foundation Disease Outcomes Quality Initiative);
Auxilia no monitoramento dos tratamentos de reposição de ferro e na administração de agentes estimulantes da eritropoiese;

IPF - Fração de plaquetas imaturas:
Representa a fração de plaquetas jovens recém-lançadas da medula óssea para a circulação.
Avalia a atividade megacariocitopoiética, auxiliando na diferenciação das causas de plaquetopenia;
Ambos parâmetros são fornecidos juntamente com os outros resultados do hemograma, de maneira rápida e precisa;

IG – Granulócitos imaturos: 
Compreende a somatória dos metamielócitos, mielócitos e promielócitos;
Auxilia no reconhecimento de processos infecciosos e inflamatórios;
A contagem de IG é determinada no mesmo momento em que os outros parâmetros do hemograma são liberados;

A ausência ou um número abaixo do indicativo de anormalidade evita que análises microscópicas desnecessárias sejam feitas, otimizando a rotina laboratorial.

 

 © Copyright Sysmex